Nome de marca é sonoridade, criatividade, pertinência e…

Quando a ideia de uma empresa sai do papel, geralmente a sequência imediata costuma ser: planejar o produto, o processo, a logística. Mas e a marca, e o nome? Muitas empresas esbarram nesse erro primário: esquecem que uma empresa só será relevante para o público se for coerente em todos os seus pontos de contato. E o nome é essencial! O processo de naming faz parte da estratégia dos negócios. 

 

Que o diga a @mobilis.me (follow now!): a startup de Santa Catarina pertence ao mercado automotivo, com milhares de marcas registradas e vigilância constante dos gigantes do setor contra plágios. 

 

Para encontrar o nome certo para uma empresa tão inovadora se destacar dentro de um mercado tradicional, nós fomos a fundo na identidade corporativa em busca de elementos que representassem quem a startup é na sua essência. 

 

E foi assim que nasceu o nome do primeiro produto da fabricante brasileira de carros elétricos que desenvolve projetos com vistas para uma mobilidade mais inteligente – o Li

 

Parece fácil… 

 

Acredite, não é! O processo que leva ao batismo de uma empresa é longo, e passa por etapas que envolvem pesquisas, reuniões de brainstorming, associações com atributos do negócio/serviço/produto, análises linguísticas, geração de alternativas, disponibilidade para registro e testes de empatia para comprovar se o nome realmente “pega”. 

 

Por isso o suporte profissional é mais do que necessário. O nome certo pode alavancar a sua empresa, enquanto o nome errado fará do seu negócio só mais um na multidão ou, em casos extremos, poderá arruinar a sua reputação. 

 

Se for criativo, tudo certo? 

 

Criatividade importa, mas não é tudo. Naming não é uma escolha subjetiva, envolve a participação de uma equipe multidisciplinar que cria dezenas de alternativas que precisam preencher uma série de pré-requisitos para serem consideradas no páreo. Muitas vezes surgem nomes geniais durante a geração de alternativas, porém, não registráveis. E aí, volta tudo à estaca zero. 

 

Não copiarás! 

 

Nós sabemos que é tentador (principalmente quando “aquele” nome e “aquele símbolo” deram tão certo para a empresa concorrente), mas um empreendedor de sucesso sabe que ceder à tentação está fora de cogitação: plágio é crime – sem falar que ninguém quer ficar conhecido pela falta de originalidade! 

 

Sem registro? No way! 

 

Uma marca sem registro é uma bomba relógio que pode explodir a qualquer momento. Por isso a disponibilidade para registro é essencial para que você preserve o patrimônio intelectual da sua empresa e evite futuras dores de cabeça – como pagamento de multa por uso indevido de marca já registrada, descarte de 100% dos materiais de divulgação, sem falar no investimento necessário para criar um novo nome e adaptá-lo à sua identidade visual. 

 

A Intellinova – Propriedade Intelectual publicou um artigo com as 5 vantagens do registro de marcas, que deixa claro que o registro junto ao INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial) é um investimento no seu negócio, contribui para a sua visibilidade perante o consumidor e agrega valor no mercado. Vale a leitura! 

 

#issoMove 

 

Agora que você conheceu um pouco mais sobre o processo de naming e suas particularidades, fica mais fácil entender porque o nome é um elemento tão relevante para posicionar empresas de forma assertiva no mercado. 

 

Quer trocar uma ideia sobre essa e outras estratégias que contribuem para o sucesso de negócios com propósito? É só chegar para tomar um café ou, se você preferir, manda um e-mail. Somar inteligências para construir soluções inovadoras: #issoMove! 

outras postagens

Não somos uma agência!
Não somos uma agência!

Não somos uma agência por muitos motivos, mas o mais importante, e mais simples deles, é que não fazemos nenhum tipo de publicidade. Fazemos design para negócios!

Design estratégico: por que marcas relevantes têm proposta de valor definida
Design estratégico: por que marcas relevantes têm proposta de valor definida

Para ter uma história para dividir com consumidores, as marcas precisam conhecer sua identidade, saber por que existem e o que de fato seu produto ou serviço resolve na vida das pessoas.

Você conhece o valor do seu negócio?
Você conhece o valor do seu negócio?

Um empreendedor acorda todos os dias pensando no seu negócio. Sim, é verdade! E se você empreendeu ou está com vontade de ter um negócio para chamar de seu, precisa entender sobre proposta de valor.