Um modelo de negócio para chamar de seu!

Sair do campo das ideias é o passo fundamental para entrar no mundo do empreendedorismo. Mais do que ter um pensamento empreendedor, é preciso saber o que o seu modelo de negócio trará de diferente e único para o mercado.

 

Para auxiliar a pensar a proposta de valor de um modelo de negócio, ou seja, o que vai torná-lo diferente de qualquer outro, e tirar boas ideias do papel após o Diagnóstico de Design (pesquisa aprofundada do mercado), utilizamos junto aos nossos clientes o método Canvas – uma ferramenta que ajuda a pensar de forma prática e estratégica inovações para o mercado.

 

O desenvolvimento do Canvas (originalmente intitulado de Business Model Canvas) é feito de forma intensa e bastante visual por meio de uma imersão para avaliar estratégias. Com caneta, um quadro em branco e alguns post-its é possível pensar a viabilidade de um produto ou serviço para o mercado. Isso porque a ideia principal é tornar possível a implementação desse produto ou serviço com o mínimo viável e, principalmente, estimar custos e entender como rentabilizar a partir do mais importante para qualquer negócio – a proposta de valor.

 

Por que aplicamos essa ferramenta?

Ao longo do tempo, descobrimos que a maior dificuldade dos nossos clientes para pensar inovação era o fato de que eles não tinham feito uma pergunta simples: por que minha empresa existe? E essa é a questão principal resolvida por meio do Canvas: a proposta de valor da empresa faz com que o empresário entenda o que e como ele vai entregar o produto ou serviço para o mercado.

 

Muito mais do que abrir um negócio, o empreendedor precisa agregar valor aos consumidores, precisa entregar aos seus clientes algo maior – um propósito, uma razão de ser.

 

Quer conhecer alguns cases que ajudamos a desenvolver a proposta de valor? Clica aqui.

 

*A foto que ilustra este artigo é do John Baker.

 

outras postagens

Diversidade para criatividade
Diversidade para criatividade

Demorou, mas ganhamos vez e voz. Ou melhor, você sabe, nós sempre estivemos aqui! Aqui e em todos os lugares, lutando diariamente para conquistar nosso espaço.

O futuro nos representa?
O futuro nos representa?

Ainda não sei como vai ser no futuro, mas hoje (28/06), no dia Orgulho LGBTQ+, vejo que a esperança de um cenário mais diverso e inclusivo contrasta com os números do presente – que mostram uma realidade bem diferente.

A voz e a vez das mulheres
A voz e a vez das mulheres

Há décadas as mulheres convocam o mundo para um movimento genuíno. Chamar a atenção das corporações para a desigualdade de oportunidades entre homens e mulheres no mercado de trabalho. Vamos falar sobre isso?